Filme LOGA: Projeções de Marte na Universidade de Oxford | LOGA: Mars Projections exhibited at Oxford University

O filme Marte (LOGA: Projeções de Marte), da diretora Jane de Almeida e produzido pela Witz Cultural, foi exibido no dia 21 de março de 2020 na Universidade de Oxford durante o evento O País do Futuro | O Futuro do País, da REBRAC, em março de 2020.

The film Mars (LOGA: Mars Projections), by Jane de Almeida and produced by Witz Cultural,  was exhibited at Oxford University during the venue A Country of the Future | The Future of a Country, from the REBRAC association (March, 2020).

Sobre o filme

O filme LOGA: PROJETO MARTE é um ensaio de apropriação que reflete sobre os humanos e suas projeções no planeta vermelho. O filme aborda as relações entre o Brasil e Marte, apresentando as imagens do artista Henrique Alvim Correia que ilustrou o livro Guerra dos Mundos de Wells, dando corpo aos primeiros marcianos de forma imagética. Os marcianos de Correia inspiraram Spielberg em sua versão de Guerra dos Mundos de 2005. Há especulações de que a Estrela Vermelha não só é a origem dos símbolos comunistas ao redor do mundo, mas também representa a utopia do socialismo do início do século XX, além do temor vermelho da guerra fria. No Brasil, Marte é projetado na arquitetura de Niemeyer, nas músicas de Elis Regina, Caetano Veloso e Elza Soares, além da expedição marciana do Mato Grosso de Narciso Genovese. A partir de uma fase de observação telescópica, quando Tesla e Marconi acreditavam que poderiam se comunicar com os Marcianos, a ciência avança para uma fase robótica que descomprova a presença de habitantes, apresentando um planeta árido e desértico em uma exploração ecológica do século XX. O filme reflete sobre a imagem transmitida de Marte que é composta por mosaicos semelhantes às cartografias medievais de pastilhas de pedras e as imagens geradas por computador que são tratadas como um contra-campo da realidade. 

About the movie

LOGA: MARS PROJECTIONS is an appropriation film essay that reflects on humans and their projections on the red planet. The film deals with the relations between Brazil and Mars, presenting the images of the artist Henrique Alvim Correia who illustrated the book War of the Worlds by Wells, embodying the first Martians in an imaginary way. Correia’s Martians inspired Spielberg in his 2005 version of War of the Worlds. There is speculation that the Red Star is not only the origin of communist symbols around the world, but also represents the utopia of early twentieth-century socialism and the red fear of the cold war. In Brazil, Mars is projected in Niemeyer’s architecture, in the songs of Elis Regina, Caetano Veloso and Elza Soares, in addition to the Martian expedition from Mato Grosso endured by Narciso Genovese. From a phase of telescopic observation, when Tesla and Marconi believed they could communicate with the Martians, science advances to a robotic phase that disallows the presence of inhabitants, presenting an arid and desert planet in a twentieth-century ecological exploration. The film reflects on the transmitted image of Mars, which is made up of mosaics similar to medieval stone-chip cartography and computer-generated images that are treated as a countershot of reality.

Sobre a diretora

Jane de Almeida é co-roteirista dos filmes 500 Almas (longa-metragem, 2004), Invenção de Limite (premiado com o Hubert Bals Fund) e finalizadora do filme Enigma de um dia (melhor curta metragem em Gramado e selecionado para o Festival de Veneza, 1996). Dirigiu o média-metragem EstereoEnsaios São Paulo (2018), os curtas metragens 2014k (2010), EstereoEnsaios: cinco ou seis ensaios à procura de uma narrativa (2011), Openmouthed (2015), The Diving (2015) e Pixel Race (2014). É curadora independente e realizou as mostras de cinema Grupo Dziga Vertov, Metacinemas,  Aisthesis e Alexander Kluge: o quinto ato, entre outras. É autora de diversos livros e artigos sobre cinema e artes, tais como Grupo Dziga Vertov (witz edições, 2005) e Alexander Kluge: o quinto ato (CosacNaify, 2007).

Créditos

Direção I Director – Jane de Almeida

Assistente de Direção e Montagem I Assistant director and Editing – Vic Von Poser

Produção Executiva I Executive Production – witz cultural

Coordenação de Pesquisa e Produção I Research and Production – Jane de Almeida

Fotografia e Produção I Director of Photography and Production – Mat Guzzo

Trilha Sonora Original e Mixagem de Som I Original Soundtrack and Sound Mixing – André Olzon

Professor de Marciano I Mars teacher – Cicero I. da Silva

Suplemento da edição | Editing support 

Alfredo Suppia
Laura Videira

Ilustrações I Illustrations – Alexandre Szolnoky

Pesquisa e Consultoria I Research and Consulting
Alfredo Suppia
Adriano Souza
Helena Prates
Patrícia Gimenez

Aula de Marciano | Martian class

Alunos/Students: Vic Von Poser, Jane de Almeida, Alfredo Suppia, Helena Prates, Mateus Guzzo, Filippa Jorge.

Entrevistas/Interviews:
Michael Sims (Diretor/Director, Mars Institute/NASA AMES Research Center), Jon Welch (Connect Lab/NASA AMES Research Center).

Agradecimentos / Thanks

Michael Sims (Mars Institute/NASA)
Jon Welch (NASA AMES)
Mike Toillion (NASA Astrobiology Institute)
Estelle K. Dodson (Lockheed Martin Space/NASA AMES)
Brett Stalbaum (UCSD)
Sheldon Brown (UCSD)
Erik Viirre (UCSD)
Patrick Coleman (Clarke Center)
Paulo Fonseca
Jerusa Pires Ferreira
Greg Cohen (UCLA)

Institutional thanks

Arthur C. Clarke Center for Human Imagination
UCSD Visual Arts
Mack Pesquisa Research Fund

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s